04/08/16

Ingressos para o Cena Contemporânea 2016!

O CENA CONTEMPORÂNEA já abriu a venda dos ingressos para sua programação!

Compre logo seu ingresso pra assistir a gente!

A ANTI STATUS QUO COMPANHIA DE DANÇA apresenta DE CARNE E CONCRETO - UMA INSTALAÇÃO COREOGRÁFICA nos dias 30 e 31 DE AGOSTO na Galeria Athos Bulcão -Anexo do Teatro Nacional (entrada pela via N2 pela Secretaria de Cultura do DF).

O número de público deste espetáculo é limitado! Garanta seu ingresso!

Confira como comprar seu ingresso em:http://www.cenacontemporanea.com.br/ingressos/





26/07/16

Palestra - instalação dançada: Sobre coreografar um livro no Modos de existir: Publicações em São Paulo! E um pouco dos bastidores!


          Sobre coreografar um livro é uma palestra-instalação dançada a partir do livro "Arqueologia de Um Processo Criativo – Um Livro Coreográfico", de Luciana Lara com a Anti Status Quo Companhia de Dança de Brasília-DF. Criada para ser apresentada no Projeto Modos de existir no dia 23 de junho de 2016.

          Em ambiente com instalações videográficas e sonoras, bailarinos ajudam a autora a refazer o percurso da pesquisa coreográfica que culminou no espetáculo “Cidade em Plano” e no livro sobre seu processo de criação. A proposta gráfica do livro, criada pela própria coreógrafa e autora e seu parceiro de criações, Marconi Valadares, é esmiuçada na relação forma e conteúdo, e abordará os desafios e as soluções de colocar em formato de um livro o registro de um processo criativo em dança.

         Como no livro, palavras e imagens foram coreografadas para fazer dançar os pensamentos e a imaginação no ato de acompanhar um raciocínio de criação. De forma reflexiva, visual e poética, uma viagem arqueológica possibilita a imersão na intimidade de um fazer artístico, revelando os meandros das criações da dramaturgia, da coreografia, da trilha sonora, dos figurinos, do cenário e da iluminação de um espetáculo de dança contemporânea.


Ficha Técnica:

Palestrante e Direção: Luciana Lara
Concepção: Luciana Lara e dançarinos da Anti Status Quo Companhia de Dança
Dançarinos: Camilla Nyarady, Carol Barreiro, Cristhian Cantarino, Déborah Alessandra, João Lima, Marcia Regina, Olivia Orthof, Raoni Carricondo e Roberto Dagô
Objetos (móbile): Marconi Valadares



Confira também as fotos dos bastidores do Modos de Existir:

















 













14/07/16

Sacolas na Cabeça em Santo Amaro em São Paulo-SP, durante o projeto Modos de Existir: Publicações.








Fotos de Gustavo Ciríaco:







Registro da intervenção urbana "Sacolas na cabeça" da Anti Status Quo Companhia de Dança  no dia 22/06/2016 na praça Floriano Peixoto / Calçadão da rua Capitão Tiago Luz - Santo Amaro, São Paulo-SP.

21/06/16

Amanhã! Sacolas na cabeça em São Paulo!


Realizaremos a intervenção urbana "Sacolas na Cabeça" pelo Projeto Modos de existir: Publicações amanhã, dia 22/06, quarta-feira, de 13:30 às 14:30 na praça Floriano Peixoto / Calçadão da rua Capitão Tiago Luz - Santo Amaro, São Paulo - SP.

Venha viver essa experiência com a gente! Faça parte da intervenção junto com os artistas da Companhia de Brasília! è só fazer o workshop de 10 ás 13h para participar! Inscrições gratuitas no SESC Santo Amaro, sala Multiplouso no térreo .




Sobre o Workshop intervenção urbana e Sacolas na cabeça

O workshop propõe estudo sobre a experiência artística das intervenções em espaço urbano, modificadora da percepção e dos afetos que culmina na realização da intervenção urbana “Sacolas na Cabeça” com os participantes, artistas locais convidados e os bailarinos da Anti Status Quo Companhia de Dança.

Conteúdo: Noções teóricas e práticas sobre intervenções urbanas, arte relacional, estudos sobre o dado, o invisível e o perceptível, estudo de contextos, percepção do espaço urbano, corpo como ponto focal, fluxos e aparelhos urbanos e composição coletiva.

Ministrante: Luciana Lara (diretora)  e bailarinos da Anti Status Quo Companhia de Dança.
Carga Horária: 4 horas
Dia: 22/06/2016 (quarta-feira)
Horário: 10 às 13h (workshop de 10 às 13h e intervenção de 13:30  às 14:30.
Local: SESC Santo Amaro

Indicação de público: Indivíduos, com ou sem experiência em artes, interessados em conhecer a prática artística das intervenções urbanas, pensada por artistas da dança contemporânea. E, também, estudantes de artes, artistas de outras linguagens, bailarinos, atores e performers profissionais. A ideia é promover o encontro de especialistas e leigos para uma vivência artística coletiva.

Quantidade de vagas: ilimitada.

Pré-requisitos: Maiores de 18 anos, com disponibilidade para participar de toda carga horária e da intervenção urbana “Sacolas na Cabeça” que acontecerá dentro da programação do Projeto Modos de existir: Publicações nos arredores do SESC Santo Amaro.


Sobre a  intervenção "Sacolas na cabeça"

É uma intervenção urbana onde pessoas andam pela cidade, vestidas com sacolas de compras na cabeça. A sacola de compras como objeto do cotidiano, pode ser considerada um ícone da sociedade de consumo e do sistema capitalista. Usada de maneira que subverte seu uso pragmático é uma provocação. Confeccionadas como máscaras, as sacolas são um convite à interação. Funcionam como objetos relacionais, provocando situações, reações e leituras que revelam o que está latente no contexto sócio político cultural de um dado momento. Distribuídas, são apropriadas de várias maneiras pelos transeuntes e habitantes da cidade, promovendo inúmeras relações entre pessoas e ambiente. Servem, também, como pontos focais que direcionam o olhar do transeunte para composições espaciais que revelam a paisagem urbana de outra maneira. Detalhes despercebidos da arquitetura, dos fluxos, dos aparelhos urbanos e de seus habitantes e usuários ficam visíveis.

Sacolas na cabeça faz parte de pesquisa da Anti Status Quo Companhia de Dança (Brasília-DF) sobre a relação do corpo com a cidade e tem como ponto de partida a reflexão critica sobre o modus operandi da sociedade atual e sua condição urbana.


Ficha técnica

Direção: Luciana Lara
Concepção: Luciana Lara e dançarinos da Anti Status Quo Companhia de Dança
Dançarinos interventores: Camilla Nyarady, Carol Barreiro, Cristhian Cantarino, Déborah Alessandra, João Lima, Márcia Regina, Olivia Orthof, Raoni Carricondo e  Roberto Dagô. 

17/06/16

Finalização da oficina de Dramaturgia na Dança com Luciana Lara no SESC Juazeiro do Norte-CE .

Ontem mais uma oficina de Dramaturgia na Dança chegou ao fim, dessa vez em Juazeiro do Norte-CE.


Meu muito obrigada à François Alcântara pela recepção amorosa e cuidadosa. Agradeço também a Michel pelo suporte técnico fundamental e todo pessoal do SESC Juazeiro do Norte -CE por disponibilizar o aconchegante Teatro Patativa do Assaré e aprontar um lanche delicioso e caprichado para a oficina !


Meu especial obrigada a todos participantes pelo encontro e troca durante a oficina!


Luciana Lara



                                                      



15/05/16

Oficina Dramaturgia na dança com Luciana Lara em Manaus!

Semana passada ministrei a oficina Dramaturgia na Dança no SESC em Manaus - AM! 

Gostaria de compartilhar e deixar registrado aqui a alegria do encontro e da troca intensa que tivemos durante os cinco dias, tarefa quase impossível de fazer só com palavras! 

Gostaria de agradecer um por um, todos os estudantes e artistas locais que participaram da oficina: Matheus Isaac, Alice Rodrigues de Azevedo, Yasmim Coelho, Carol Calderaro, Verlene Mesquita, Jaqueline Santos Ferreira, Ingrid Oliveira, Elizângela Lima Marinheiro, Christiane Farias, Igor Samuel,  Harryson do Nascimento e Kelly Vanessa Nunes de Sousa. Obrigada pelo tempo que passamos juntos, pela participação interessada, por cada dança e movimento percebido, descoberto, analisado e pelos pensamentos, experiências, ideias e projetos partilhados! Além disso, e especialmente, agradeço todo o afeto com a realização de literalmente um banquete de frutas, pratos, delícias amazonenses no último dia. E ainda com presentes e depoimentos sobre como a oficina tinha chegado em cada um com direito a Legião Urbana como trilha sonora!  Me senti muito carinhada e emocionada. Uma sensação boa de dever cumprido! Minha sincera gratidão a vcs.  

Meus agradecimentos especiais a Simone Claudia do SESC Manaus por todo o tempo nessa cidade incrível e a Yasmim pelo tempo despendido me ajudando a achar as melhores opções de passeios na cidade. 

Simone se dedicou muito mais do que era de sua função como responsável no SESC Manaus pela oficina. Demonstrando toda sua paixão pela dança e cultura local, me colocando em contato com os artistas dos corpos estáveis da dança do Estado (Balé Folclórico do Amazonas, Corpo de Dança do Amazonas e Balé experimental do Corpo de Dança do Amazonas) e com quem faz movimentos na cultura em Manaus como o Casarão de ideias!

Foi um prazer e um aprendizado conversar com Getúlio Lima diretor do CDA, Monique Andrade diretora do Balé Experimental, Flávio Soares maître do Balé Folclórico. Obrigada pela disponibilidade e abertura para a troca. Adorei conhecer os espaços, a história e um pouco dos ensaios e projetos de cada um. O contato com Adam Sousa, Eduardo Amaral, Thiago Farias do balé folclórico também foram especiais e agradeço demais o tour pelo teatro da Instalação que André Duarte gentilmente fez comigo.  

Com João Fernandes e seu lindo e vibrante Casarão de ideias o café e a conversa foram pra lá de especiais! É incrível sentir  toda a potência de ideias que emana dali! 

Ah! E não podia deixar de relatar outro encontro, uma surpresa boa, inesperada, com Alex Soares, coreógrafo de São Paulo que está criando um trabalho pro CDA, e que por sorte estava hospedado no mesmo hotel, o que proporcionou também uma manhã de trocas e conversas sobre criação em dança !

 Além disso, Simone ainda me levou para conhecer a cidade e as belezas naturais. O lindo Teatro Amazonas, Ponta Negra com a companhia incrível de Flavio Soares e também as delícias culinárias! Me deliciei com o tambaqui na brasa, o bodó de pirarucu, o x caboco!  Tomei baré e descobri que lá o cajá se chama teperebá! Tantas coisas incríveis ainda por conhecer nesta terra incrível do Amazonas. Certeza que vou voltar um dia ! O gostinho de quero mais é enorme!




























  Teatro Amazonas



















 
     Prédio da Alfândega


 
     Ensaio "Beiradão" com Balé Folclórico do Amazonas




   Todo o Balé Folclórico do Amazonas




    Casarão de Ideias

Luciana Lara e João Fernandes

   


Fotos: Luciana Lara, Yasmim Coelho e Simone Claudia